Tecnologia Autodesk é usada em homenagem à cantora Janis Joplin

Visualizações

110

Nem só de Pokémon Go vive o uso da realidade aumentada nas cidades. O designer de animação Mauro Castro e o artista plástico Bel Borba se uniram para criar uma ação cultural para a cidade de Salvador em homenagem à cantora Janis Joplin.

Bel Borba desenvolveu o desenho e o conceito da ação enquanto Mauro Castro transformou a arte em uma escultura virtual em movimento, criada com a ferramenta Autodesk 3Ds Max, que só pode ser visualizada por meio do smartphone.

A proposta desse projeto piloto é que da mesma forma como as pessoas usam o celular para caçar os famosos monstrinhos japoneses, a tecnologia ajude a levar informações culturais de centros urbanos para as pessoas.

demo

Castro explica que a tecnologia de realidade aumentada já estava disponível há muito tempo e já tem sido utilizada pelos gigantes da indústria (militar, de saúde, arquitetura entre outras), mas o que a tornou popular, foi o sucesso do game japonês, associado à quantidade de câmeras e smartphones conectados à internet nos dias atuais.

janis_ladrilho

“O mais impressionante é poder criar algo que inicialmente não pode ser visto a olho nu, mas que quando acessado pelas telas, algo místico surge nos aparelhos das pessoas. Além disso, a intervenção digital pode ser feita em ambientes impossíveis de receber intervenções de maneira física, como instalações ou esculturas. Dessa forma, posso apresentar as minhas obras em qualquer lugar da cidade à maneira virtual, possibilitando um diálogo ou um confronto com a ambiência e a obra de arte intervencionista, provocando as mais diversas reflexões”, afirma Bel.

Para Rodrigo Assaf, especialista técnico da Autodesk, essa iniciativa mostra que não há limites para o uso das ferramentas da empresa para criar e inovar em projetos, sejam eles de qualquer indústria.

 

Sobre o Projeto Piloto:

O artista “instalou” no chão da Rua da Paciência, na capital baiana, uma imagem física da cantora Janis Joplin. Essa imagem tem as proporções de uma folha de papel A3 e pode ser vista a olho nu por todos os transeuntes do bairro. Entretanto, quem acessar o site www.arteaumentada.com.br, fizer o download de um aplicativo e, posteriormente, de um arquivo, terá uma surpresa incrível ao apontar o seu smartphone ou tablet para a imagem.

A obra é uma homenagem à visita que Janis Joplin fez à capital baiana, próximo à Rua da Paciência, na década de 70.

O objetivo é que esse projeto seja ampliado para outras localidades e com outros temas, de forma que qualquer pessoa possa ter acesso a uma obra de arte apenas com o uso do seu celular.

 

 

Sem comentários para Tecnologia Autodesk é usada em homenagem à cantora Janis Joplin

Deixe uma resposta